terça-feira, 30 de outubro de 2012

ELE




Ele


Quero um poeminha simples
Simples sim
Pra falar desse menino tão difícil
que deu inicio
a algo lindo em mim.
Ele que não é nem doce nem salgado
Nem bom, nem malvado
Tem olhos que se escondem

Não por serem maus
Mas por que exprimem...
Tem a voz baixinha transitando entre sim forte
talvez tremulo, E não aflito
é tão forte de lá e tão frágil de cá
Vejo seu homem e seu menino.
Quando de longe, olhar fixo
quando de perto, o suficiente para um olá
se me perguntam o que ele tem?
não sei! so sei disso...
é tudo que posso ver
ou o que posso dizer
é por isso é tão inspirador,
pelo mistério
do inócuo pungente. 


Carol Viana

2 comentários:

  1. Carolzinha amiga,

    Tao lindo seu blog...esse seu bau è lindo...lindo igual a vc!!! beijoka

    ResponderExcluir